Qual a importância de um Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio para um edifício?

A segurança pessoal ou coletiva é algo que deve ser prioridade em qualquer ambiente, especialmente em edifícios empresariais ou condomínios residenciais.

Por isso, hoje neste artigo, vamos falar sobre a importância de um sistema de detecção e alarme de incêndio.

Esse sistema é muito usado hoje em dia em grandes empreendimentos como o Garden Art Ipanema. Mas também pode ser visto em diversas empresas, clubes, instituições de ensino e outros locais.

Para saber mais sobre esse assunto, continue lendo!  

O que é um detector de alarme e incêndio?

Um sistema de detecção e alarme de incêndio é uma forma muito eficiente de avisar as pessoas de um edifício que há um problema sério e que por isso, as pessoas precisam sair imediatamente do local.

Quando sua instalação é feita de maneira correta, além de ajudar as pessoas a deixarem o local às pressas, ele também ajuda os bombeiros a agirem rápido para controlar o incêndio. Dessa forma, é possível evitar maiores danos a estrutura do edifício e também evitar que alguém fique gravemente ferido ou chegue a óbito.  

Onde deve ser instalado o sistema de detecção?

Para que o sistema de detecção e alarme de incêndio transmita a mensagem a ponto de se observar seu sinal, é preciso que sua instalação seja em locais em que há uma vigilância por parte de alguém.

Por exemplo, em edifícios, o melhor local para instalar esse sistema é na portaria ou em áreas de segurança. Pois somente assim alguém pode ver o que está acontecendo e tomar as medidas cabíveis para aquela situação.

Outra coisa importante é sobre as sirenes de alarmes, elas precisam funcionar de forma que todos no edifício escutem.

O sistema de detecção e alarme de incêndio precisa ter duas fontes de energia. A primeira é a energia do próprio edifício. A segunda, que neste caso é auxiliar, deve contar com bateria ou geradores, para caso falte energia no local.  

Quais equipamentos constituem o sistema de detecção?

Os equipamentos que constitui o sistema de detecção e alarme de incêndio são:

·         Central de alarme

·         Botão de acionamento manual

·         Detector de fumaça

·         Detector de temperatura

·         Detector de gás

·         Sirene de áudio

Sistema convencional x sistema endereçável

Cada edifício possui uma característica própria, e são essas características que vão definir o tipo de detecção e alarme de incêndio.

O sistema endereçável possibilita que cada local seja identificado e repassado para a central. Dessa forma, é possível identificar o local em que está ocorrendo o sinistro, já que a central informa o ambiente.

Já o sistema convencional é aquele utilizado em ambientes menores, que não tem tantos compartimentos. Quando o sistema é acionado, é possível saber apenas qual a área que ainda está protegida.

Sistema de detecção wireless

O sistema de detecção e alarme de incêndio por wireless tem suas vantagens, mesmo sendo um sistema muito caro.

Embora tenha um alto custo, sua instalação é bem mais simples, pois ele não precisa da infraestrutura que as instalações convencionais tem. Ele também pode ser remanejado sem problema algum, ou seja, pode ser retirado de um local e colocado em outro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *