Como escolher a melhor furadeira para a sua atividade?

Se você deseja começar a trabalhar com reformas e afins de forma profissional ou simplesmente pretende se tornar o seu próprio empreiteiro, nada melhor do que tomar conhecimento sobre uma das principais ferramentas que é preciso ter: a furadeira.

Então, se você não sabe o que é preciso para escolher a melhor furadeira para a sua atividade, continue lendo a seguir. 

1. Faça uma pesquisa

Antes de fazer qualquer compra que sirva como um investimento, que é o caso de uma ferramenta para Furação, o ideal é que o interessado aprenda mais sobre o assunto antes de fazer sua aquisição.

Então, quando estiver prestes a comprar sua furadeira, que tal assistir alguns tutoriais no YouTube em canais de profissionais ou pessoas entendedoras no assunto para saber exatamente o que você está prestes a utilizar? Este é um ótimo primeiro passo.

2. Identifique a aplicação

Para começar sua saga, a primeira coisa que deve fazer é reconhecer qual será o material utilizado na sua atividade. 

A furadeira será aplicada em madeira, alvenaria, metal? Fazer essa diferenciação é essencial para não investir em uma máquina que acabe danificando o material ou, simplesmente, não fazendo nenhum efeito.

Portanto, para identificar a aplicação, tenha em mente se os materiais utilizados serão duros ou leves.

3. Defina o tipo de uso

Depois de definir quais serão os materiais utilizados, você irá precisar identificar o tipo de uso que fará. 

Você pretende desempenhar reparos domésticos no dia a dia ou exercer atividades profissionais? Para trabalhos caseiros, uma furadeira um pouco menos potente já é capaz de atender às suas necessidades. Agora, para trabalhos profissionais, as máquinas potentes e que funcionam por mais tempo são as ideais. 

Definir o tipo de uso é importante também para estipular o preço da sua furadeira, uma vez que as mais profissionais costumam ser mais caras. 

4. Estabeleça a frequência de uso

A frequência de uso é um dos pontos cruciais para a escolha da furadeira correta.

Atividades profissionais de grande impacto e longa duração demandam uma potência muito maior do que os trabalhos domésticos, que são realizados em menor tempo e não exigem tanta resistência da furadeira. 

Portanto, saber ao certo quanto tempo ela será usada, pode ajudar muito na escolha da ferramenta.

5. Estipule a potência necessária

Todas as furadeiras são elétricas. Algumas são de 110V e outras, de 220V. No entanto, o que as diferencia, além da voltagem, é a função de impacto.

A função de impacto proporciona golpes produzidos pela máquina com o objetivo de facilitar a entrada da broca nos materiais mais resistentes, como alvenaria e concreto, por exemplo.

Em furadeiras com impacto, quanto maior sua potência, maior será a rotação e produtividade de serviço.

6. Explore os modelos disponíveis

Por fim, depois de saber como usar uma furadeira em suas diversas versões e para o que pretende usá-la, chega a hora de explorar os modelos de furadeiras disponíveis no mercado.

Ao buscar por uma máquina de qualidade, independentemente de qual seja a sua finalidade, priorize as que ofereçam peso reduzido e pegada ergonômica e emborrachada, para que consiga manuseá-la com segurança e conforto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *